Terça-feira, 20 de Maio de 2008
Ás do volante

"Grande máquina!". Foi a primeira coisa que pensei ao ver o meu novo Clio. Depois de muitos stands percorridos e múltiplas opiniões dos amigos e familiares, cheguei à conclusão de que o Clip Rip Curl é o carro ideal neste momento. Claro que foi difícil abandonar o Leon dos meus sonhos, só que era financeiramente incomportável.... No entanto, uma performance fantástica em regimes mistos, um motor TCE 100cv (Turbo Control Efficiency) transformando um 1.2 num 1.6, bem como uma linha estética brutal (cortesia da Rip Curl) aliada a um conforto soberbo, tornam o Clio Rip Curl um dos carros mais apetecidos pela malta jovem neste momento. Claro que gostos não se discutem (lamentam-se...) e se calhar até arranjam um mais potente dentro do mesmo preço (o que eu duvido).

Ao ter uma máquina destas na mão, readquire-se o prazer da condução e a vontade de o lançar à estrada é enorme. O que me traz ao verdadeiro tema  deste post - a tentação da estrada é enorme, o problema são os "trolls" que para lá andam... Desde fogareiros a comerciais apressados, as bitches do costume a retocar a maquilhagem a 100 à hora sem olhar para a estrada, adeptos de tunning que utilizam o  bólide para estravazar os seus complexos de inferioridade, apanhamos de tudo... E no meio disso tudo, eu. Eu não sei se toda a gente já sabe mas, ao pé do volante, há um manipulo que anda para cima e para baixo e faz disparar umas luzes laterais no carro..Chama-se na gíria por "pisca". E também não sei se toda a gente já sabe mas o objectivo da sua utilização na mudança de via é o seguinte:

            - "Indicar aos restantes condutores a intenção da mudança de via"

 

A palavra chave aqui é "intenção" - a intenção de mudar de via, respeitando quem já se encontra na mesma. E não "sinalizar os restantes condutores de que deverão parar imediatamente para que eu entre na via sem qualquer preocupação porque eu já estou atrasado para o emprego e o meu chefe, digamos que, me vai dar na cabeça..." (esta é valida para ti, oh sacana do Audi A3 que forçou a entrada hoje de manha no IC17...)

Mas o que eu acho mesmo piada é aos fogareiros (vulgo taxistas). O taxista é um bicho que só está bem a acelerar...Acelera, acelera, acelera até encontrar um obstáculo.  Depois se conseguir contornar o obstáculo acelerando na mesma, melhor ainda! Devido aos anos de experiência na condução, o taxista adquiriu um "calo" brutal capaz de o fazer lidar facilmente com todas as situações de transito. No entanto - e se calhar isto vai ser um choque para vocês, taxistas - os sinais de transito têm de ser sempre respeitados! Ou seja, um STOP indica que "eu devo parar e ceder passagem aos restantes veículos" e não "epa, deixa-me cá acelerar porque consigo passar e a cámóne que levo aqui atrás vai ver que os tugas são os ases do volante!". E acreditem, nestas duas ultimas semanas, já vi fogareiros a fazerem de tudo - passar vermelhos, desrespeitar stops, passarem tangentes ao rabo dos peões nas passadeiras, etc. Portanto quando virem um taxista na frente, deixem o bicho movimentar-se como quer no seu habitat natural, antes que levem um trancada daquelas no carro, que vos faz saltar centenas de euros do bolso para o arranjar...

E para piorar a situação, nos últimos dias tem chovido...Ou seja, já não basta apanhar trolls pela estrada, como ainda por cima os trolls armam-se em Ayrton Senna, convencidos que a condução à chuva deve ser praticada a alta velocidade sem qualquer problema. Ás vezes penso que o melhor mesmo é apanhar o comboio para ir trabalhar...

 



publicado por Eu não papo grupos às 20:17
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Ás do volante

Solteiro, outra vez

Os 10 mandamentos do Tuga

arquivos

Maio 2008

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds